Acompanhar o desempenho das vendas de uma empresa é um trabalho fundamental, o qual impacta diretamente em seus resultados. Entre as métricas disponíveis, há uma que deve ser analisada constantemente: o ticket médio. Aumentar o ticket médio da empresa equivale a ter maior margem de lucro.

Esse indicador representa o valor médio que cada cliente gasta em suas compras na loja. O cálculo é feito considerando o volume de vendas realizadas em um determinado período, dividido pelo número de clientes que fizeram essas compras.

Imagine que as vendas, em um mês, totalizaram 3 mil reais e 30 clientes fizeram compras. Logo, o ticket médio das vendas, nesse período, foi de 100 reais. 

Essa informação é de extrema importância, pois além de ajudar a mensurar a lucratividade da empresa, aponta as oportunidades que devem ser investidas com ações de promoção e divulgação para melhorar os resultados. 

A seguir, separamos 4 dicas de como aumentar o ticket médio da empresa. Continue a leitura! 

1. Ofereça produtos complementares 

Uma das maneiras de aumentar o ticket médio da empresa é oferecer produtos complementares. Suponhamos que você tem uma loja de eletrônicos e um cliente está comprando um smartphone. Que tal oferecer também cases/capas com um desconto para o modelo escolhido? 

Vale ressaltar que essa estratégia só funciona quando você recomenda produtos que tenham relação com o que o consumidor está comprando. Não apresente um notebook para quem está levando um celular.

2. Crie kit de produtos 

Os kits de produtos são uma forma de os clientes adquirirem um conjunto de itens complementares com um preço mais acessível do que se fossem comprados separadamente. Imagine uma loja de panelas que vende cada uma delas separadamente, por exemplo. Disponibilizar kits com o conjunto de panelas, que sai bem mais em conta, é uma boa estratégia para elevar o volume de vendas. 

Mesmo que esses descontos representem um certo custo para a empresa, eles possibilitam o aumento do valor do pedido. Sem essa possibilidade, o cliente pode comprar muito menos, fazendo com que seu faturamento caia consideravelmente. 

3. Dê descontos progressivos 

A dica dos descontos progressivos é muito utilizada em grandes e-commerces, e você pode fazer tanto na sua loja online quanto na física. Funciona assim: em uma livraria, por exemplo, a cada livro que o cliente comprar, maior será o desconto. Dois livros equivalem a 5% de desconto, três livros garantem 10% de desconto, seguindo determinada gradação. 

Claro que para essa tática é preciso determinar também um limite para esses descontos de forma que a empresa não tenha prejuízos.

4. Otimize o seu site 

Um estudo realizado pela Boston Consulting Group (BCG) revela que 60% a 70% dos consumidores realizam buscas na internet (sites, redes sociais, Google) para pesquisar sobre produtos, marcas e serviços, antes de comprar na loja física. 

Com essa tendência, é essencial estar bem colocado nos mecanismos de busca, para ser encontrado pelo consumidor nesse momento.

Para isso, existe o Search Engine Optimization (SEO), também conhecido como otimização de sites que, basicamente, consiste em técnicas para melhorar o posicionamento do seu site no Google. Isso possibilita o crescimento do número de acessos da página e, consequentemente, faz aumentar o ticket médio da empresa. 

Se quiser saber mais sobre essa estratégia, sugerimos que confira este post para descobrir como melhorar o posicionamento online da sua empresa com as técnicas de SEO. Esperamos que tenha gostado da leitura!